Projetos PD&I

Edital nº: 40 de 21/03/2017

Título: Semáforo inteligente para controle de fluxo mediante detecção de presença
Pesquisador coordenador: Niltom Vieira

  • Resumo: Alguns estudos levantam perdas financeiras em função do tempo gasto no trânsito em percursos urbanos. Tais gastos provêm dos impactos negativos na fluidez do trânsito, dificuldades de fluxo, tempo de translado, aumento na ocorrência de sinistros, riscos de assalto em locais de alta periculosidade, efeitos indiretos na saúde dos condutores dado o estresse e outros fatores ergonômicos. Por esta razão, este projeto constitui a primeira etapa de desenvolvimento de um sistema inteligente para controle semafórico. Seu princípio de funcionamento objetiva a detecção de veículos em aproximação dos cruzamentos para que, na inexistência de veículos em rota de colisão, o controle de fluxo seja otimizado, evitando esperas desnecessárias.

Edital nº: 40 de 21/03/2017

Título: Sistema inteligente de baixo custo para análise e predição de consumo de combustível em veículo automotor
Pesquisadora coordenadora: Paloma Maira de Oliveira

  • Resumo: Pesquisas apontam que o consumo de combustível no Brasil representa mais que 30% dos custos em uma empresa que trabalha com frotas. Portanto, se faz necessário um controle apurado do consumo de combustível. Por outro lado, estimar o consumo de combustível para uma determinada rota não é uma tarefa trivial, uma vez que envolve dados distintos, como: estado dos componentes mecânicos e modelo do veículo, perfil do condutor, dentre outros. Atualmente, existem ferramentas para estimar o consumo de combustível, contudo, tais soluções não levam em consideração o perfil do condutor e nem o modelo do veículo. Assim, o objetivo deste projeto é desenvolver um protótipo de um sistema inteligente de baixo custo para análise e predição de consumo de combustível. Para o desenvolvimento do sistema serão utilizadas tecnologias como: Inteligência Computacional, Modelagem Matemática e Fusão de Dados. O sistema poderá ser utilizado através de dispositivos móveis e navegador WEB.

Edital nº: 40 de 21/03/2017
Título: Modelo funcional de um pulverizador autopropelido robótico autônomo
Pesquisador coordenador: Édilus de Carvalho Castro Penido

  • Resumo: O objetivo do projeto de pesquisa é propor o desenvolvimento de um modelo físico real que tenha as mesmas funcionalidades de um pulverizador autopropelido robótico autônomo (máquina agrícola capar de realizar uma pulverização de agrotóxicos em condições climáticas mais vantajosas sem ser guiada diretamente por um ser humano). Os testes com esse modelo funcional nos mais diversos tipos de cenários e de situações permitirão que o projeto posterior do pulverizador robótico ocorra com um embasamento técnico muito maior, o que propiciaria um menor tempo de desenvolvimento e, consequentemente, um menor investimento econômico com uma maior probabilidade de êxito. Um ponto fundamental a ser salientado é que os subsistemas de controle do modelo funcional e do pulverizador robótico serão basicamente os mesmos, sendo que as variações entre os projetos estariam mais relacionadas com os sensores e os atuadores necessários. Além disso, com o modelo funcional, serão testados também outros subsistemas altamente desejáveis numa máquina agrícola, como os indicadores de risco do tombamento lateral ou empinamento.


Edital nº: 40 de 21/03/2017
Título: Interface Reconfigurável para transmissão segura de dados através do barramento CAN
Pesquisador coordenador: Otávio Gomes

  • Resumo: O desenvolvimento de dispositivos semicondutores em tamanho reduzido e de confiabilidade elevada contribuiu significativamente para a evolução tecnológica do setor automotivo. Os dispositivos antes mecânicos e pneumáticos estão sendo substituídos por itens eletrônicos cada vez mais inteligentes ao longo das últimas décadas. A complexidade dos carros modernos pode ser entendida através da comparação de seu software com o software usado na nave espacial Apollo 11 que colocou os seres humanos na lua: Enquanto Apollo 11 tinha 145.000 linhas de código de computador, carros modernos têm mais de 100 milhões de linhas de código. Estes sistemas estão sendo aplicados nas mais diversas áreas; dentre elas destaca-se a área automotiva com a utilização na ordem de setenta ECUs por veículo. Quanto maior o número de funcionalidades ligadas ao conforto, segurança, navegação, emissão de gases, etc, mais centrais são demandadas no projeto do veículo. Tal cenário, com novos recursos, também expõe potencialmente a rede interna para o mundo exterior, sendo um item de preocupação para as montadoras e usuários. Os ataques cibernéticos têm o potencial de colocar em perigo a vida dos passageiros e do condutor e, por isso, é recomendável a introdução de uma barreira de segurança final na camada de hardware. Tendo em vista o cenário apresentado, este projeto tem como objetivo desenvolver uma interface de segurança em hardware para a transmissão segura de informações no barramento CAN. Ao final do projeto será disponibilizada uma descrição de hardware – IP (Intellectual Property), como prova de conceito, que permita sua utilização em redes de comunicação veiculares (CAN).

Edital nº: 40 de 21/03/2017
Título: INFOVIAS – Um Sistema Inteligente para Usuários de Rodovias
Pesquisador coordenador: Manoel Pereira Junior

  • Resumo: Este projeto tem o intuito de criar um protótipo de um sistema para auxiliar condutores de automóveis a transitar em rodovias pedagiadas, através de informações úteis e em tempo real crítico sobre a rodovia onde o veículo transita, aumentando a segurança para os condutores e passageiros que por ali trafegam, inclusive salvando vidas. Tais informações chegarão ao usuário através de um aplicativo para smartphone e/ou outros equipamentos compatíveis. As informações serão transmitidas ao condutor em forma de áudio, eliminando a necessidade de estar com o celular em mãos durante a condução do veículo. O aplicativo estará ligado a uma central que coletará dados de outros usuários (posicionamento global) que usam o mesmo aplicativo e que estão na mesma via naquele momento. A central processará tais dados de forma inteligente, usando um sistema especialista, a fim de que informações de apoio à decisão cheguem até o condutor do veículo, criando um diferencial para os condutores que trafegam por rodovias cadastradas no sistema, e em contrapartida, a responsável (governo ou concessionária) pela rodovia terá em suas mãos dados estatísticos que poderão ser usados para justificar ou prever o desgaste em cada trecho da via, além de evitar gastos com acidentes evitáveis.

Edital nº: 40 de 21/03/2017
Título: Sistema de baixo custo para monitoramento de entregas e veículos em tempo real
Pesquisador coordenador: Bruno Ferreira

  • Resumo: O projeto propõe desenvolver uma aplicação de baixo custo, para rastrear produtos/veículos com detalhes de geolocalização via celular. A ideia é criar uma aplicação de fácil integração com possíveis sistemas de gerenciamento de pedidos online já existentes nas companhias e disponibilizar informações do deslocamento em tempo real também para o destinatário. O objetivo é preencher uma lacuna de mercado de rastreamento para pequenas e médias empresas, por exemplo motoboys. O diferencial desse projeto é informar em um mapa a posição exata de um produto/veículo durante sua entrega, a um baixo custo utilizando apenas um servidor web e os smartphones dos entregadores. A proposta do trabalho é desenvolver um sistema composto de três módulos que auxilie o gerente, o entregador e o destinatário. O entregador utilizará o GPS do dispositivo móvel e emitirá sua localização via rede de dados celular para uma central. O destinatário poderá consultar a exata localização do seu pedido via Web utilizando o seu equipamento preferido com acesso à internet. Por fim, o gerente terá informações sobre as entregas, se o veículo da empresa está seguro e sobre a satisfação dos clientes. O resultado esperado é baratear o custo de entrega e rastreamento de pedidos/veículos, tornando essa tecnologia viável para pequenas empresas e trabalhadores autônomos como os motoboys no delivery de mercadorias.

 


Edital nº: 172 de 08/10/2015.
Área de Atuação: I - Gestão de Projetos de Inovação e Gestão de Produtos
Título: Desenvolvimento ágil e gestão do conhecimento para projetos de inovação: Definição de um modelo integrado.
Pesquisador Coordenador: Adriano Olímpio Tonelli

  • Resumo: O trabalho apresenta os resultados do projeto “Desenvolvimento ágil e gestão do conhecimento para projetos de inovação: definição de um modelo integrado”. O projeto tem como objetivo desenvolver um modelo integrado a partir do alinhamento entre práticas de desenvolvimento ágil e mecanismos de gestão do conhecimento (GC). Para tanto, foi proposta uma abordagem teórica a partir da visão de processamento de informações organizacionais. Dados foram coletados por meio de cinco fontes: revisão de literatura, survey, entrevistas com coordenadores de projetos do Polo, observação participante e não participante e buscas na Plataforma Lattes. A partir da triangulação dessas diferentes fontes de dados, foi desenvolvido um modelo de boas práticas para Gestão do Conhecimento e Desenvolvimento Ágil a ser aplicado aos projetos do PEIF.

Edital nº: 172 de 08/10/2015.
Área de Atuação: I - Gestão de Projetos de Inovação e Gestão de Produtos
Título: Uso do guia PMBOK® para a gestão de projetos de inovação e de produtos submetidos ao Polo de Inovação em Sistemas Automotivos Inteligentes.
Pesquisador Coordenador: Manoel Pereira Júnior

  • Resumo: O Polo de Inovação em Sistemas Automotivos Inteligentes instalado no IFMG – Campus Formiga fomentará o desenvolvimento de diversos projetos de inovação. Assim como em qualquer empresa, os riscos associados à execução destes projetos devem ser bem estudados e controlados com o objetivo de minimizá-los. Isso se torna mais importante à medida que os projetos serão financiados em parte com recursos públicos, onde qualquer desperdício é danoso para a nação brasileira. Além dos riscos, outros fatores são igualmente importantes em um projeto e precisam ser geridos e controlados, tais como escopo, tempo, custo, qualidade, comunicações e aquisições. Neste projeto, foram estudadas e definidas as áreas do PMBOK® que seriam adequadas para aplicação nos projetos do polo de inovação. Com base neste estudo, foram gerados artefatos que permitem a gestão dos projetos de inovação. Estes artefatos foram submetidos a três projetos desenvolvidos pelo polo e observou-se que, de fato, eles permitiram uma gestão mais eficiente e controlada. Assim, esta pesquisa gerou um conjunto inicial de artefatos e ferramentas especialmente moldados para a realidade dos projetos de inovação que serão desenvolvidos no Polo de Inovação em Sistemas Automotivos Inteligentes.

Edital nº: 172 de 08/10/2015.
Área de Atuação: II - Prospecção de Projetos de Inovação
Título: Proposta metodológica para avaliação financeira de projetos de inovação.
Pesquisador Coordenador: Bruno César de Melo Moreira

  • Resumo: O objetivo do presente trabalho é construir uma metodologia para avaliação financeira de projetos de inovação, com diferentes graus de maturidade tecnológica que considere a mensuração de ativos intangíveis provenientes de tais projetos e, ainda, os riscos envolvidos em projetos de inovação desta natureza. Este estudo se justifica uma vez que, dadas as características particulares dos projetos de inovação, nas quais, muitas vezes, destacam-se a ausência de um produto final, a possibilidade de se ter como resultados ativos intangíveis de difícil mensuração econômica e o risco envolvido no processo de inovação a aplicação direta dos métodos tradicionais de avaliação de viabilidade pode não ser adequada. O desenvolvimento desta proposta metodológica teve como base a metodologia de avaliação econômica de projetos proposta por Rasoto (2013), na qual foi incorporada a integração de três métodos para valoração de tecnologias (Abordagem pelo custo, Abordagem pelo mercado e Abordagem pela renda) o que possibilitou a elaboração de Fluxos de Caixa condizentes com as características peculiares dos projetos. Ainda, baseando-se na Metodologia Interbrand e na Metodologia Brand-Finance, propôs-se a criação de uma taxa de desconto para elaboração dos Fluxos de Caixa Descontado que considerem os riscos associados aos projetos de inovação. Neste sentido, o resultado obtido foi uma metodologia mais adequada à realidade a ser enfrentada e que permite elaborar um Fluxo de Caixa Descontado mais condizente com a realidade, levando em consideração o valor potencial das novas tecnologias a serem desenvolvidas, bem como os riscos intrínsecos aos projetos com tais características.

Edital nº: 172 de 08/10/2015.
Área de Atuação: IV - Planejamento de Projetos de Inovação em Sistemas Automotivos Inteligentes
Título: Análise de dados sensoriais no monitoramento de temperatura, umidade e dióxido de carbono interno de veículos.
Pesquisadora Coordenadora: Ana Flávia Peixoto de Camargos

  • Resumo: Esta pesquisa visa analisar e comparar os dados captados dos sensores que serão instalados dentro de automóveis para monitoramento de temperatura, umidade e emissão de CO2. Esses sensores estarão contidos na placa Arduino no qual estarão inseridos dentro dos carros. É necessário aprender a programar utilizando o microcontrolador para que as variáveis de processo possam ser mensuradas. Essa placa realizará toda a leitura das variáveis e envio de informações para o computador que estará posicionado no laboratório do Campus Formiga. Vários testes serão realizados, como por exemplo, variando o tamanho do carro, a cor, o modelo, os vidros, a incidência de radiação ao longo do dia, dentre outros. Para cada uma dessas variações, os sensores captarão os valores de temperatura, umidade e emissão de CO2. Todos os dados serão enviados para o computador e serão armazenados e visualizados com o uso do software LabView, o qual já estará programado para receber todas as informações das variáveis de processo. Assim, esse software armazenará todos os dados os quais serão compilados, comparados e analisados para futuros trabalhos que serão desenvolvidos no Polo Tecnológico.

Edital nº: 172 de 08/10/2015.
Área de Atuação: IV - Planejamento de Projetos de Inovação em Sistemas Automotivos Inteligentes
Título: Protocolo para realização de manobras de ultrapassagem utilizando verificação probabilística de modelos e redes veiculares.
Pesquisador Coordenador: Bruno Ferreira

  • Resumo: Manobras de ultrapassagens veiculares são arriscadas e podem causar graves acidentes, principalmente em rodovias de pista simples. Vários esforços têm sido realizados no intuito de torná-las mais seguras. Uma alternativa é o uso da comunicação entre veículos para auxiliar a tomada de decisão ao efetuar essa manobra. Assim, esse projeto de pesquisa propõe a criação de um protocolo para automatizar as ultrapassagens veiculares. Ele usa dados em tempo real transmitidos entre os veículos e as informações são exploradas por métodos formais que calculam as trajetórias e definem o comportamento ideal para os envolvidos. O protocolo utiliza a técnica de verificação de modelos probabilística, a qual explora todas as possibilidades do sistema e é capaz de indicar a exata configuração a ser seguida pelos envolvidos e não apenas dar suporte à decisão do motorista como propõe a maioria dos trabalhos correlatos.

Edital nº: 172 de 08/10/2015.
Área de Atuação: IV - Planejamento de Projetos de Inovação em Sistemas Automotivos Inteligentes
Título: HealthCar
Pesquisadora Coordenadora: Paloma Maira de Oliveira

  • Resumo: Devido à crescente popularização da utilização de dispositivos móveis com acesso à internet no Brasil, houve um crescimento significante na área de desenvolvimento de aplicativos para esses dispositivos. No mercado de automóveis não é diferente, existem diversos aplicativos disponíveis no mercado, a maioria deles voltado para o entretenimento. Nesse contexto, o objetivo desse projeto de pesquisa é planejar, modelar e desenvolver um protótipo de um aplicativo móvel para o sistema operacional Android, com integração com a web e estabelecimentos do setor automotivo. O aplicativo denominado HealthCar é voltado para o mercado de manutenção preventiva e corretiva. O objetivo é registrar de forma simples e rápida todas as manutenções do automóvel, bem como informar ao proprietário informações sobre diagnósticos de defeitos e próximas manutenções e revisões. O HealthCar para realizar um escaneamento no automóvel em busca de defeitos utiliza uma interface ODBII para se conectar a ECU do veículo. O dispositivo ODBII transmite via bluetooh os códigos de erro informado (DTC). O HealthCar, por sua vez, converte tais códigos em informações úteis para o usuário. O HealthCar também possui um módulo web denominado Estabelecimento para ser utilizado por estabelecimentos ligados ao setor automotivo. Esse acesso se dará por meio de computador com acesso à internet para o lançamento de todas as manutenções realizadas em um determinado automóvel.

Edital nº: 172 de 08/10/2015.
Área de Atuação: II - Prospecção de Projetos de Inovação
Título: Avaliação financeira de projetos de P&D em sistemas automotivos inteligentes: uma comparação entre os métodos tradicionais e a teoria de opções reais.
Pesquisador Coordenador: Lélis Pedro de Andrade

  • Resumo: Devido à crise instalada no mercado automotivo no Brasil, em meio às incertezas e aumento de competividade, uma possível solução para a recuperação setorial é o investimento em Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação Tecnológica (PD&I). Contudo, a avaliação financeira de projetos dessa natureza que comumente segue as técnicas tradicionais, como a do valor presente líquido (VPL), pode ocultar uma informação relevante no processo de avaliação, que é o valor da flexibilidade financeira e das interações estratégicas com a execução do projeto. Assim, objetiva-se, nesse trabalho, verificar se a Teoria das Opções Reais (TOR) possui melhor aderência do que os métodos tradicionais de avaliação de projetos de PD&I na área de Sistemas Automotivos Inteligentes. Para tanto, pretende-se realizar uma pesquisa exploratória, por meio de um estudo de caso em uma empresa do setor automotivo, a qual seja passível de ser prospectada pelo polo de inovação IFMG – Campus Formiga (PEIF-Formiga). Especificamente, foi analisada a opção de diferir o investimento na comercialização da tecnologia desenvolvida após a mesma ser desenvolvida a partir de uma simulação de valores elaborada pelo estudo de caso, os quais foram utilizados para comparar o método tradicional de avaliação financeira (VPL estático) com o método proposto pela teoria das opções reais, com a finalidade de verificar as características/adequabilidade de cada uma delas no contexto de projetos na área de Sistemas Automotivos Inteligentes. Como principal resultado, verificou-se que a teoria de opções reais permite que projetos inicialmente com VPL negativo, o que rejeitaria a sua aprovação, se torne um projeto atraente de acordo com a ocorrência de novas informações favoráveis ao projeto no decorrer do tempo, e que a opção de adiar um investimento permite uma flexibilidade gerencial que possui valor para a empresa/indústria. Além disso, verificou que o modelo de mix de financiamentos, nas condições apresentadas pelo modelo de operação do PEIF-Formiga, acentua as vantagens da utilização da teoria de opções reais, no cálculo do valor de um projeto de PD&I na área de Sistemas Automotivos Inteligentes. Espera-se que os resultados gerados a partir desse estudo possam gerar diferentes contribuições, seja no âmbito da comparação entre a teoria e a prática na avaliação de projetos de PD&I em sistemas automotivos inteligentes, ou no âmbito na gestão de um polo de inovação no referido setor, o qual contará com um instrumento, seja para direcionar a sua comunicação com a empresa no momento de uma possível prospecção e negociação, ou na gestão de projetos, proporcionando uma integração efetiva entre a análise de viabilidade técnica e financeira dos seus projetos de PD&I.